DEFESA MILAGROSA DE CLEMER E GOL DE PÊNALTI NO ÚLTIMO MINUTO

O vídeo acima é um primor. Mostra o apronto coral para enfrentar o Ceará no campeonato cearense de 1993 sob o comando de Lula Pereira e, depois, os melhores momentos da vitória do Ferrão por 1×0, gol de Basílio, cobrando pênalti no último minuto da partida. Nunca é demais lembrar que, meses antes, o adversário bateu o time coral por 9×1 e o Tubarão da Barra teve que ser totalmente reconstruído dentro da competição com a chegada de Clóvis Dias como novo presidente. Destaque para uma defesa milagrosa do goleiro Clemer após arremate forte de Sérgio Alves, lance em que a torcida do Ceará gritou gol na hora do chute e foi obrigada a ver a bola nas mãos do arqueiro coral. Depois, o craque Acássio fez boa jogada pelo lado direito e sofreu o pênalti marcado pelo árbitro Dacildo Mourão. Basílio, ex-jogador do próprio Ceará, cobrou e fez o gol da vitória coral. Naquele domingo, o Ferrão jogou com Clemer, Itamar, Róbson, Batista e Branco; Reginaldo Souza (Paulo Adriano), Ronaldo Salviano, Acássio e Basílio; Batistinha e Márcio (Lima). O alvinegro, do falecido técnico Mário Juliato, perdeu com Ferreira, Jaime, Vitor Hugo, Biluca e Júnior Guimarães; Aírton (Júnior Piripiri), Mastrillo e Osmar; Ney (Mirandinha), Ronaldo e Sérgio Alves. A vitória foi ainda mais valorizada porque o Ferroviário estava com apenas dez jogadores após a expulsão do lateral Branco. Sete dos jogadores em campo nesse jogo estiveram no elenco histórico do bicampeonato estadual 1994/1995: Batista, Branco, Paulo Adriano, Acássio, Basílio, Lima e Batistinha. O goleiro Clemer foi o que alçou vôos mais altos, defendendo Remo/PA, Goiás/GO, Portuguesa/SP, Flamengo/RJ e Internacional/RS na sequência de sua vitoriosa carreira. As imagens são da TV Verdes Mares com reportagem de Victor Hannover e narração de Ivan Bezerra.

VOCÊ SABE POR ONDE ANDA O CENTROAVANTE JÚNIOR JARDEL?

juniorjardel

Júnior Jardel: novo reforço do Inter/Santa Maria

Lembra do centroavante Júnior Jardel? Ele defendeu o Ferroviário entre 2002 e 2003, vestindo a camisa do time profissional em apenas 13 partidas e assinalando 8 gols. Ele é irmão do ex-atacante Jardel e por isso levou o nome do irmão famoso em sua alcunha futebolística. Porém, seu nome correto é César Ribeiro Júnior. Fique sabendo que ele é um dos cinco novos reforços do Internacional de Santa Maria para as disputas da segunda divisão do campeonato gaúcho. Segundo o site do jornalista cearense Victor Hannover, o ex-centroavante do Ferrão disputou quase oito temporadas no futebol português e agora está de volta ao Brasil. Aos 32 anos de idade, Júnior Jardel quer voltar a marcar gols em solo nacional e ajudar a tradicional equipe de Santa Maria a retornar à elite do futebol do Rio Grande do Sul, terra onde o irmão é deputado estadual. Nos tempos de Ferrão, ele estreou no dia 29/5/2002, no PV, numa goleada em cima do Tiradentes por 4×1, porém seu primeiro gol com o manto coral numa partida oficial aconteceu somente em 02/2/2003, no Estádio Serjão, em Boa Viagem, num empate em 2×2 com o time da casa. A partida mais emblemática de Júnior Jardel pelo Ferroviário aconteceu um mês depois, em 16/3/2003, no Elzir Cabral, quando marcou os 2 gols do Tubarão da Barra na vitória por 2×0 em cima do Limoeiro, resultado que colocou o Ferrão na semifinal do segundo turno do campeonato estadual. Uma semana depois, foi vice-campeão cearense após um revés no Castelão, por 2×1, para o Fortaleza, exatamente o último jogo que Júnior Jardel fez pelo time coral.

intersantamaria

Novos reforços do Internacional de Santa Maria: Giuliano, Vinícius, Júnior Jardel, Tinga e Athos