VITÓRIA CONTRA O CAMPINENSE COM GOL LINDO DE JANEUDO

Há exatos dois anos, o Ferroviário ganhava do Campinense/PB por 3×2 e se credenciava para seu primeiro acesso em nível nacional, fato este concretizado, nos pênaltis, no jogo de volta em Campina Grande. Os tentos do Ferrão foram do artilheiro Edson Cariús, do craque Juninho Quixadá e um verdadeiro golaço do meia Janeudo, que fazia aniversário justamente naquele domingo. Você recorda a escalação coral naquele jogo? O treinador Marcelo Vilar escalou o time coral com o futebol de Gleibson, Lucas Mendes, Luis Fernando, André Lima e Sávio; Mazinho, Leanderson, Janeudo e Esquerdinha (Valdeci); Edson Cariús (Vitinho) e Juninho Quixadá (Dudu). Treinado por Ruy Scarpino, ex-goleiro da Portuguesa/SP, o time paraibano jogou com Jeferson, Douglas (Marcelinho), William Goiano, Rafael Jensen e Zeca; Jorginho, Felipe Macena (Beto), Gustavo Henrique e Thiago Potiguar (Marcinho); Denilson e Danilo Bala. Os gols da raposa campineira foram dos dois atacantes, Denilson e Danilo Bala. Dessa equipe, os volantes Jorginho e Felipe Macena se encontra hoje no elenco do Ferroviário. Vale a pena recordar abaixo o vídeo com os cinco gols da partida, na narração sensacional de Dênis Medeiros, da Rádio Verdes Mares de Fortaleza, além das imagens da TV Artilheiro. Reviva o domingo à noite de uma vitória histórica.

COM MANOELZINHO NO ESTÁDIO, FERRÃO CONSEGUE VITÓRIA INÉDITA

Mestre Manoelzinho autografa seus copos antes da vitória inédita em cima do Imperatriz/MA

O fim de semana passado foi mágico para a torcida do Ferroviário. Basta olhar a imagem acima e acompanhar o vídeo abaixo. O time coral bateu o Imperatriz/MA por 2×1 e manteve-se líder isolado da Série C nacional. O gol da vitória veio dos céus, ou melhor, dos pés do meia Juninho Arcanjo, ex-Fluminense/RJ, aos 47 minutos da etapa final, levando muito vibração aos presentes no estádio. Antes disso, no primeiro tempo, o ídolo e artilheiro Edson Cariús já havia marcado um golaço. Antes mesmo do jogo começar, o ex-jogador Manoelzinho, recordista em número de jogos com a camisa coral, apareceu no Presidente Vargas, depois de anos sem ir a uma partida de futebol, pegando muita gente de surpresa! Manoelzinho distribuiu simpatia no alto de seus 90 anos de idade, autografou os copos da coleção ´Legendários` para muitos torcedores e encantou o setor das cadeiras sociais do PV com sua ilustre presença, fazendo aquela tarde de sábado ainda mais especial. Foi o primeiro confronto entre o Tubarão da Barra e a equipe maranhense na história! Vitória coral, inédita e em grande estilo, abaixo registrada pela TV Artilheiro com a narração de Breno Rebouças na Rádio O Povo.

FERROVIÁRIO QUEBRA TABU DE 48 ANOS E DERROTA O ABC EM NATAL

Ferrão que quebrou o tabu em Natal – Em pé: Caxito, Da Silva, Afonso, Mazinho, Janeudo e Nicolas; Agachados: Lucas Mendes, Edson Cariús, Leanderson, Michael e Jean Henrique

O retrospecto dos jogos entre Ferroviário e ABC/RN aponta 32 jogos disputados até hoje, sendo 10 empates, 14 vitórias da equipe potiguar e, agora, 8 vitórias do Tubarão da Barra. Jogando no estádio Frasqueirão, de propriedade do alvinegro do Rio Grande do Norte, o Ferrão não tomou conhecimento e aplicou 4×2 no placar com três gols do ídolo Edson Cariús e um tento, de falta, do lateral esquerdo Michael. O time coral não vencia o ABC em Natal numa partida de campeonato brasileiro desde o dia 26/09/1971, quando um gol do meia Edilson Lopes, aos 27 minutos do segundo tempo, selou a vitória do time comandado por Lucídio Pontes, na época, por 1×0. Depois disso, as duas equipes se enfrentaram em jogos do campeonato nacional nas temporadas de 1979, 1984, 1988, 1991, 1993 e 1995, sem sucesso do Ferrão nos jogos na capital potiguar. Vale lembrar que, em 2013, o Tubarão da Barra venceu o ABC em Natal por 1×0 em jogo válido pela Copa Ecohouse, competição na qual o time potiguar utilizou nas partidas uma equipe Sub-23 mesclada com alguns atletas do elenco principal. No entanto, em jogos oficiais de campeonato brasileiro, ontem finalmente foi quebrado um tabu de 48 anos e com supremacia para orgulho da torcida do Ferroviário. Veja abaixo. O time coral é líder e sonha com o acesso à Série B.

FERRÃO GANHA A TAÇA FARES LOPES PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA

Ferroviário Atlético Clube campeão da Taça Fares Lopes de 2018: Siloé, Valdeci, Afonso, André Lima, Jean, Mazinho, Lucas Mendes, Janeudo, Edson Cariús, Gleibson e Leanderson

Exatos três meses depois de quebrar um jejum de 23 anos sem títulos com a conquista monumental e inédita da Série D do campeonato brasileiro, o Ferrão volta a fazer história em 2018 e sagra-se novamente campeão, também de maneira inédita, da Taça Fares Lopes. Em outras palavras, no dia 4 de novembro, o torcedor coral voltou a sorrir como no dia 4 de agosto! Jogando contra o Caucaia no PV e precisando vencer por dois gols de diferença, o Ferrão fez 3×1 no jogo decisivo com gols de Siloé, Edson Cariús e Kel Baiano, este marcando o gol do título aos 41 minutos do segundo tempo. Logo ele, uma espécie de predestinado coral, já que havia jogado somente 19 minutos em toda a competição e, lançado por Marcelo Vilar na finalíssima, entrou em campo aos 33 minutos do segundo tempo para assinalar o gol consagrador exatamente 8 minutos depois, selando seu nome na história coral e nos anais do futebol cearense. Vale a pena conferir os lances do jogo no vídeo abaixo e conferir os golaços do jogo.

Apitado por Avelar Rodrigo e diante de um público de 2.174 pessoas, este foi o jogo de número 3.647 da história do Ferroviário, que atuou com o futebol de Gleibson, Lucas Mendes, Afonso, André Lima (Da Silva) e Jean; Mazinho, Leanderson, Janeudo e Valdeci (Róbson Simplício); Siloé (Kel Baiano) e Edson Cariús, mais uma vez artilheiro de uma competição com a camisa coral, agora com 5 gols na Taça Fares Lopes. O Caucaia, do ex-treinador coral Washington Luiz, jogou com Rafael, Talisson, Luiz Gustavo (Cléo), Olávio e Elves; Lincoln, Diego Silva, Vanderlan e Netinho (Moré); Ciel e Thiaguinho (Tininho). Desses, o meia Cléo, os volantes Lincoln e Diego Silva, além do atacante Moré, jogaram no Ferroviário em temporadas anteriores. Mas o bom da festa da conquista de mais um título coral e da vaga assegurada para a Copa do Brasil de 2019 é a vibração e a emoção dos torcedores e dos jogadores em campo, por isso vale a pena conferir abaixo mais um vídeo da TV Artilheiro com as entrevistas durante a comemoração de mais um campeonato conquistado pelo Ferroviário Atlético Clube.

IMAGENS DO TÍTULO BRASILEIRO EM CAMPINA GRANDE E EM FORTALEZA

Vale a pena conferir no vídeo acima o ótimo trabalho da TV Artilheiro com imagens gravadas antes e depois do jogo que deu ao Ferroviário o inédito título de campeão brasileiro da Série D. O material começa com a chegada de torcedores corais ao estádio Amigão em Campina Grande. Estima-se que cerca de 1200 corais saíram de Fortaleza para conferir a final nacional na Paraíba, seja de avião, ônibus de linha interestadual, carros particulares e mais de quinze ônibus alugados por torcedores. No placar agregado, o Ferroviário bateu o Treze/PB por 3×1 nos dois jogos decisivos e conquistou um campeonato inédito para a capital cearense. Nem Fortaleza, nem Ceará, possuem um título de envergadura nacional. Na sequência, no vídeo abaixo, não deixe de conferir também a homenagem montada pela torcedora Isabel Muniz. Ela registra a carreata que levou o vitorioso elenco coral em carro do corpo de bombeiros do Castelão à Vila Olímpica Elzir Cabral no dia seguinte, num trajeto festivo que durou pouco mais de uma hora e que cativou a atenção de vários fortalezenses pelo caminho num inesquecível domingo ensolarado na capital cearense. Ai é Ferrão, meu filho!

FERRÃO IGUALA HISTÓRIA E DOBRA VANTAGEM EM CIMA DO CONFIANÇA

Depois de 14 anos, o Ferrão voltou a disputar a Copa do Brasil, uma das competições mais democráticas do futebol nacional. Ao bater o Confiança/SE por 2×1 em jogo único, realizado ontem à noite no Estádio Presidente Vargas, o time coral igualou sua marca histórica de chegar à segunda fase da competição, fato ocorrido em 2004 quando o Tubarão da Barra primeiro teve que passar pelo América/RN para pegar o Corinthians/SP na sequência do campeonato. Dessa vez, o adversário da segunda fase será o Sport/PE e será uma grande oportunidade para o Ferrão fazer história e chegar à terceira fase da Copa do Brasil de forma inédita. O jogo será na Ilha do Retiro, em Recife, onde o Ferroviário não se apresenta desde 1981. O resultado de ontem em cima do Confiança ainda dobrou a vantagem coral em termos de números de vitórias contra o time sergipano. Agora, em sete confrontos na história, o Ferrão ostenta 4 vitórias (1984, 1997, 2006 e 2018) contra apenas 2 vitórias do Confiança (1984 e 1997). Ocorreu ainda um empate entre ambos na Série C de 2006. Dá pra dizer que o Confiança é freguês do Tubarão da Barra? Talvez. Por que não? Confira abaixo a excelente vitória coral de ontem com um mix das imagens da Tv Artilheiro e a narração de Antero Neto da Rádio Verdes Mares de Fortaleza. Vale a pena!