PRIMEIRO ÍDOLO DO FERROVIÁRIO SERÁ LEMBRADO EM MEMORIAL

Craque Zuza em foto de 1940

No próximo mês, o Ferroviário Atlético Clube vai inaugurar o seu memorial no complexo interno do Estádio Elzir Cabral e nomes que foram importantes na trajetória de 85 anos do Tubarão da Barra serão lembrados entre fotografias, troféus e diversos outros itens que comporão o acervo do memorial. A iniciativa deve-se notadamente ao árduo trabalho de Airton Oliveira, atual diretor de patrimônio do Ferrão, que cuida da casa coral como se estivesse cuidando de seu próprio lar. Será uma ótima oportunidade para os visitantes conhecerem nomes cruciais para a consolidação da grandeza do Ferrão, entre eles a imagem do meio campista Zuza, craque de bola, revelado como o primeiro ídolo do Ferroviário e tão poucas vezes lembrado na história coral. O Almanaque do Ferrão resgatou a imagem de Zuza e, entre outros itens do nosso material, a sua fotografia estará exposta num dos painéis de imagens do futuro memorial. Você já ouviu falar de Zuza? Seu nome verdadeiro era José Ferreira Filho e foi contratado em 1939 junto ao Great Western de Pernambuco. Permaneceu no Ferroviário até 1941, atuando em 56 partidas e marcando 24 gols. Foi campeão com a camisa coral do Torneio Início de 1940 e da Taça General Mascarenhas no mesmo ano. Zuza foi um dos primeiros jogadores profissionais a serem contratados pelo futebol cearense, evidenciando a primazia coral de ter sido o grande responsável pela inicialização do profissionalismo na terra de José de Alencar. Que não se perca pelo nome na memória do futebol alencarino: Zuza.

O CARNAVAL DAVA A DICA DE O QUE SERIA CAPAZ DE PARAR JOMBREGA

Bloco ´Cordão das Coca Colas` no carnaval de Fortaleza fazia alusão à jogador do Ferroviário

O carnaval desse ano passou, mas deixou resgatado essa foto histórica de meados dos anos 40. O aviso foi do pesquisador Ciro Câmara, jornalista cearense apaixonado por futebol e, em particular, pela pesquisa esportiva. Era o ´Cordão das Coca-Colas`, antigo bloco carnavalesco de Fortaleza onde os homens se vestiam de mulher. Um dos rapazes ou das moças, como queiram, segura um placa com a frase: “Detefon para Jombrega“. Estaria ele se referindo ao grande artilheiro cearense Jombrega? Ciro Câmara aposta que sim e é muito provável que esteja certo. Jombrega chamava-se Francisco José Róseo de Oliveira e jogou no Fortaleza, Maguary, Ferroviário e até no Corinthians/SP, segundo dados do Almanaque do Timão, de autoria de Celso Unzelte. No Ferrão, Jombrega acumulou passagens entre 1940 e 1946, disputando 38 jogos e marcando 26 gols. Conquistou 2 títulos pelo Ferroviário: o Torneio Início e a Taça General Mascarenhas, ambos na temporada de 1940. Segundo interpretações, a placa indica o que poderia parar Jombrega, um verdadeiro fenômeno dentro dos campos de Fortaleza. Talvez só mesmo o Detefon, um dos principais e mais famosos inseticidas da época, muito comum na boca do povo até a década de 80. Lembrou do Detefon? Dá uma olhada na publicidade abaixo.

AOS 72 ANOS DE IDADE, EX-LATERAL ZÉ DO MÁRIO MORA EM FORTALEZA

2016-02-08 20.34.23

Foto recente do ex-lateral Zé do Mário, em sua residência no bairro João XIII em Fortaleza

A foto acima foi divulgada recentemente pelo torcedor Martins Andrade em suas redes sociais. Trata-se de uma imagem atual do ex-lateral Zé do Mário, que defendeu o Ferroviário entre 1964 e 1966, no total de 53 jogos com a camisa coral. Ele atuava no futebol suburbano, mais precisamente no Usina Parangaba, quando enfrentou e venceu o Ferrão por 2×0, no dia 21/4/1964, em amistoso realizado naquele feriado nacional. Zé do Mário se destacou na partida e posteriormente foi chamado para compor o elenco do time coral no campeonato cearense daquele ano, ao lado de nomes como Nélson, Zé de Melo e Milton Bailarino. Começou na lateral esquerda, mas rapidamente passou a ter utilizado na maioria das vezes como lateral direito com a mesma desenvoltura. Apesar de não ter vencido nenhum campeonato estadual, conquistou dois títulos pelo Ferroviário, a Taça Forças Armadas, em 1964, e o Torneio Início de 1966. Aos 72 anos de idade, o ex-jogador Zé do Mário reside atualmente no bairro João XXIII, na zona oeste de Fortaleza.