VITÓRIA DE VIRADA EM CIMA DO TREZE/PB NO BRASILEIRÃO DE 2006

Doze anos antes de decidirem um título nacional, Ferroviário e Treze/PB fizeram um jogo tenso pelo campeonato brasileiro de 2006. O vídeo acima recorda a vitória coral por 2×1, de virada, conquistada no Presidente Vargas, em Fortaleza. Os gols foram de Everton e Stênio para o Ferrão, enquanto Alisson marcou para o time paraibano. Apesar de não ter conquistado o acesso, aquela formação coral é considerada uma das melhores em todos os tempos. A vitória, conquistada na base da garra, selou a classificação coral para a segunda fase da competição. O jogo teve confusões dentro de campo. Os jogadores Nemézio, Fernandinho e Cristiano sofreram sangramentos durante os noventa minutos. Treinado por Arnaldo Lira, o Tubarão da Barra venceu com Jéfferson, Marcos Pimentel, Nemézio, Tiago Gasparetto e Guarilha; Horácio (Marcelo Mendes), Glaydstone, Claudeci (Róbson) e Everton; Stênio (Fernandinho) e Cristiano. O Treze jogou com Érico, Leandro Carlos, Alisson, Kiko e Marcos Paulo; Raminho, Viola (Calmon), Rogério Costa (Renatinho) e Leandro Diniz; Moisés e Paulinho Macaíba (Lenílson). O treinador era Celso Teixeira. O jogo foi disputado numa quarta-feira à noite, dia 2 de agosto de 2006, com um público de 1.344 pagantes. O árbitro foi Suélson Medeiros da Federação do Rio Grande do Norte. Com a vitória, o time coral passou para a segunda fase e pegaria Confiança/SE, Porto/PE e Vitória/BA, passando depois para a terceira fase e indo até o octagonal final da competição.