AMISTOSO PARA QUITAR A CONTRATAÇÃO DE UM NOVO GOLEIRO

Chegada de Ubirajara

Aconteceu em junho de 1976. O experiente goleiro Ubirajara foi contratado pelo Ferroviário para as disputas do campeonato cearense daquele ano. Carioca de nascimento, Ubirajara Dias Ribeiro tinha 29 anos quando desembarcou na Barra do Ceará, trazendo na bagagem boas passagens pela Portuguesa/RJ, Moto Clube/MA, e Paysandu/PA. Ele vinha do América de Natal, onde em quatro temporadas, o novo arqueiro coral virou ídolo por ter sido bicampeão potiguar e disputado três campeonatos nacionais. Há exatos 44 anos, o Ferrão foi até a capital potiguar para realizar um amistoso como parte do pagamento pela liberação do arqueiro. O jogo, realizado no antigo Castelão, terminou 1×1, com gols de Oliveira para o Ferrão e David para o América. Treinado por César Moraes, o time coral jogou com Ubirajara, César, Pogito, Arimatéia e Ivanildo; Jodecir e Aucélio; Vanderley, Erandy (Pinto), Lula e Fernando Canguru (Oliveira). A equipe potiguar jogou com Batista (Otávio), Ivan, Alberto, Queiro e Telino (Olímpio); Garopa (Romualdo) e Washington; David, Zeca, Pedrão e Ivonildo. O Ferrão poderia ter saído com a vitória, mas o árbitro Luís Meireles anulou um gol do garoto Vanderley no segundo tempo. Ao todo, o goleiro Ubirajara fez apenas sete jogos defendendo a meta coral, isso porque o Ferroviário foi eliminado precocemente do campeonato de 1976 e seu contrato foi rescindido. Depois do Ferrão, o experiente arqueiro seguiu sua carreira até meados dos anos 1980, passando ainda por clubes como Fluminense/BA, Mixto/MT, Goiás e Vila Nova/GO.

VITÓRIA FORA DE CASA CONTRA O AMÉRICA/RN NO BRASILEIRO DE 1988

Hoje é dia de recuperar as imagens raras da TV Cabugi de Natal e recordar uma grande vitória do Ferrão fora de casa. Foi no dia 30 de outubro de 1988. O campeão cearense foi ao Rio Grande do Norte para enfrentar o campeão potiguar e se deu bem, fazendo 3×2 no placar. Numa tarde infeliz do goleiro Sérgio Maria, o Tubarão da Barra se aproveitou e venceu o jogo com gols de Silmar, Cícero Ramalho e Arnaldo. Era a estreia de Erandy Montenegro como técnico da equipe coral. Do outro lado, Ferdinando Teixeira era o comandante do América. O jogo foi disputado no antigo estádio Castelão de Natal, que depois passou-se a chamar Machadão e hoje é onde se localiza a Arena das Dunas. O Ferroviário teve em sua formação algumas novidades em relação à equipe que foi campeã estadual cerca de cinquenta dias antes: Zé Luís, Silmar, Arimatéia, Kléber e Osmanir; Toninho Barrote, Alves, Arnaldo e Jacinto (Lane); Teninha (Edson) e Cícero Ramalho. Na defesa, o carioca Zé Luís veio do Fortaleza, Kléber era da base e Osmanir estava no Tiradentes/CE. Do meio pra frente, as novidades eram Lane e Teninha, egressos das categorias de basel, além de Cícero Ramalho, que fora artilheiro do campeonato cearense com a camisa do Quixadá. O América de Natal jogou com Sérgio Maria, Adailton (Gito), Edson, Belchior e Soares; Baltazar, Dedé de Dora (Luizinho) e Valério; Baíca, Oliveira e Elmo Casquinha. Os gols do adversário foram de Oliveira e Belchior. Wilson da Conceição Araújo foi o árbitro do jogo.

PRESENTE DE NATAL: O GOL DE CELSO GAVIÃO CONTRA O CEARÁ EM 1979

Talvez esse seja o gol mais celebrado da história do Ferroviário. Certamente é um dos mais comentados até hoje nas arquibancadas por todos que têm na memória aquela noite de quarta-feira, dia 12 de setembro de 1979. Por 40 anos, o gol antológico de Celso Gavião pôde apenas ser imaginado por quem nunca o vira e, quando muito, recordado vagamente por cerca de 30 mil pessoas que estavam no Castelão ou por quem conseguiu conferir as imagens, no dia seguinte, no programa Globo Esporte na televisão. Depois daqueles dias em 1979, nunca mais esse lance foi destacado. Um incêndio nos arquivos da TV Verdes Mares, no início dos anos 1980, aniquilou grande parte do acervo da década anterior e a fita de vídeo com o gol de Celso Gavião virou pó. O jogo que até hoje é também lembrado pelas defesas milagrosas do goleiro Cícero, nunca saiu da memória dos torcedores que acompanharam aquela vitória improvável, tamanha a superioridade técnica do Ceará. Acima, a raridade da imagem do gol antológico de Celso Gavião vem ainda recheada com a briga, logo nos primeiros minutos da contenda, que tirou o ponta direita Jangada e o lateral esquerdo Ricardo Fogueira do resto da partida, expulsos pelo árbitro Leandro Serpa, além da imagem sempre simpática do saudoso locutor Luciano do Valle, apresentador do Globo Esporte naquele período. Quer saber como esse vídeo foi resgatado pelo blog? Trata-se de uma longa história para ocupar agora esse espaço, fruto também de um longo tempo de investidas interestaduais, a maioria sempre fracassada, porém uma delas culminou com a sorte de encontrarmos ocasionalmente um jornalista, funcionário da Globo e – a maior das coincidências – filho de uma ex-goleador do Ferroviário, que gentilmente se propôs a pesquisar os arquivos do Globo Esporte em busca dessa raridade. Agora, no dia de Natal, eis o nosso presente para um geração apaixonada de corais que pode finalmente relembrar aquele gol memorável de Celso Gavião. Feliz Natal!

FERROVIÁRIO QUEBRA TABU DE 48 ANOS E DERROTA O ABC EM NATAL

Ferrão que quebrou o tabu em Natal – Em pé: Caxito, Da Silva, Afonso, Mazinho, Janeudo e Nicolas; Agachados: Lucas Mendes, Edson Cariús, Leanderson, Michael e Jean Henrique

O retrospecto dos jogos entre Ferroviário e ABC/RN aponta 32 jogos disputados até hoje, sendo 10 empates, 14 vitórias da equipe potiguar e, agora, 8 vitórias do Tubarão da Barra. Jogando no estádio Frasqueirão, de propriedade do alvinegro do Rio Grande do Norte, o Ferrão não tomou conhecimento e aplicou 4×2 no placar com três gols do ídolo Edson Cariús e um tento, de falta, do lateral esquerdo Michael. O time coral não vencia o ABC em Natal numa partida de campeonato brasileiro desde o dia 26/09/1971, quando um gol do meia Edilson Lopes, aos 27 minutos do segundo tempo, selou a vitória do time comandado por Lucídio Pontes, na época, por 1×0. Depois disso, as duas equipes se enfrentaram em jogos do campeonato nacional nas temporadas de 1979, 1984, 1988, 1991, 1993 e 1995, sem sucesso do Ferrão nos jogos na capital potiguar. Vale lembrar que, em 2013, o Tubarão da Barra venceu o ABC em Natal por 1×0 em jogo válido pela Copa Ecohouse, competição na qual o time potiguar utilizou nas partidas uma equipe Sub-23 mesclada com alguns atletas do elenco principal. No entanto, em jogos oficiais de campeonato brasileiro, ontem finalmente foi quebrado um tabu de 48 anos e com supremacia para orgulho da torcida do Ferroviário. Veja abaixo. O time coral é líder e sonha com o acesso à Série B.

EX-ATACANTE CORAL QUE MORA NA FRANÇA PASSA FÉRIAS NO BRASIL

Paulo César Cascavel, ex-jogador do Ferrão entre 1981 e 1983, ontem na cidade de Natal/RN

Ele foi destaque aqui no blog na seção ´Por Onde Anda` no ano passado. O ex-atacante Paulo César Cascavel, que passou pelo Ferrão na fase áurea de campeonatos nacionais no início da década de 1980, está de volta ao nordeste do Brasil. Ele passa férias na cidade de Natal, local onde também atuou profissionalmente como jogador do América/RN. Residindo na França há muitos anos, ele aproveitou pra mandar uma mensagem pra torcida coral via Almanaque do Ferrão: “Estou no Brasil atualmente passando férias em Natal, voltaremos para à França no dia 06 de agosto. Tenho ótimas recordações de Fortaleza onde passei quase 4 anos no Ferroviário com momentos inesquecíveis“. Paulo César Cascavel marcou 34 gols em 120 partidas pelo time coral.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO COM ESSA BELA IMAGEM DO TUTUBA

Tutuba no hospital

Querido Tutuba, em sua bela versão original, visitando crianças no hospital no Natal de 2011

Com essa linda imagem do Tutuba, a mascote mais carismática do futebol cearense, encerramos nossas atualizações na atual temporada. Desejamos um excelente natal a você que acompanhou o Almanaque do Ferrão em 2015 e temos a certeza que muitas novidades pintarão por aqui no próximo ano. E que Papai Noel possa presentear alegrias para o Ferroviário Atlético Clube em breve. Feliz Natal e próspero ano novo, família coral!

MENSAGEM DE DINO NO AUGE DE SEUS 223 JOGOS PELO FERRÃO

Dino222

Volante Dino

O resgate de algumas mensagens de Natal gravadas em 2008 para o programa Rádio Ferrão termina com um dos jogadores que mais vezes defendeu a camisa do Ferroviário. Trata-se do piauiense Dino, que durante anos vestiu a camisa de número 5. Sua primeira partida foi em 1996 e a última em 2009, totalizando 223 jogos e 5 gols no Tubarão da Barra, o que o qualifica como o 22º jogador na história que mais vezes jogou pelo time coral, nada mal para uma lista que conta com mais de 2000 atletas ao longo de 81 anos de existência. A mensagem de fim de ano de Dino é também a mais longa das veiculadas na época. Foram 45 segundos que o Almanaque do Ferrão tem o privilégio de recordar nessa véspera de Natal.

LEMBRA DO JOÃO NETO? ELE TAMBÉM GRAVOU MENSAGEM DE NATAL 2008

João Neto222

Atacante João Neto

Ele marcou 6 gols em sua curta passagem pelo Ferroviário. Lembra do João Neto? O atacante pernambucano também registrou uma gravação com votos de boas festas para os spots de Natal da Rádio Ferrão em 2008. Ele havia chegado recentemente ao clube e se constituía numa das boas esperanças para o campeonato cearense do ano seguinte. Ao todo foram 27 partidas com a camisa do Ferrão. Oriundo do Central de Caruaru quando chegou a Barra do Ceará, João Neto depois galgou espaço no futebol brasileiro defendendo as cores de clubes como Bahia, Sampaio Corrêa, CRB/AL e Portuguesa de Desportos. A sua mensagem de Natal naquela oportunidade agora é eternizada na Internet

.

ATACANTE WESCLEY E SUA MENSAGEM DE NATAL NA RÁDIO

Wescley222

Atacante Wescley

Foram 23 gols marcados em 52 jogos com a camisa coral. Antes de defender times como Sampaio Corrêa/MA e Atlético Paranaense, o atacante Wescley escreveu seu nome como um dos bons atacantes que passaram pelo Ferroviário. Entre o final de 2007 e meados de 2009, sempre figurou na Barra do Ceará como um nome querido pela torcida. O Almanaque do Ferrão resgata hoje a mensagem de Natal 2008 gravada pelo ex-atacante, que sempre se caracterizou como um atleta bastante dedicado e querido no elenco de jogadores. Em 2015, Wescley estará de volta ao futebol cearense, dessa vez para vestir a camisa do São Benedito, que retorna à divisão de elite pela segunda vez na história do clube.

FELIZ NATAL E FELIZ 2009 DO EX-GOLEIRO CORAL JÉFFERSON

jefferson222

Goleiro Jéfferson

Continuando o resgate da ação inovadora de veicular na Rádio Ferrão, em dezembro de 2008, alguns spots de Natal gravados por jogadores do elenco do Ferroviário Atlético Clube, chegou a vez de recuperar o áudio gravado pelo ex-goleiro Jéfferson, titular absoluto do time coral em três temporadas. Depois de vestir as camisas de Ceará e Fortaleza, o experiente arqueiro chegou a Barra do Ceará na temporada de 2006 e brilhou na campanha da Série C que quase promove o Ferrão para a 2ª divisão do campeonato brasileiro naquele ano. Ele foi um dos principais nomes daquele time. Foram 107 partidas no Tubarão da Barra, o que o coloca como o 8ª goleiro que mais vezes atuou na meta coral em toda a história.