FOTOGRAFIA DE 1989 COM CAMISA DIFERENTE E LIRA NO MEIO CAMPO

Ferroviário Atlético Clube em 1989 – Em pé: Caetano, Osvaldo, Evilásio, Fiúza, Lira e Marcelo Veiga; Agachados: Osmarzinho, Zé Carlos Paranaense, Joãozinho Paulista, Jacinto e Cacau

O registro fotográfico acima aconteceu no dia 17 de maio de 1989, no PV. Essa onzena bateu o América por 2×0 em jogo válido pelo 2º turno do Campeonato Cearense. O artilheiro Cacau marcou os dois gols da partida. Além do novo padrão de camisas que fazia sua estreia e foi pouco utilizado, a imagem acima traz alguns jogadores que não são normalmente encontrados nas fotografias do Ferrão ao longo do tempo. É o caso do zagueiro Fiúza, egresso das categorias de base, e que só fez 4 jogos pelo time principal do Tubarão da Barra. Esse jogo marcou a estreia do meio campista Lira, ex-Ceará. Ele acabou expulso no segundo tempo pelo árbitro Eduardo Florentino. Lira teve uma passagem controversa pelo Ferrão, fazendo apenas 15 jogos e sendo expulso novamente num jogo contra seu ex-clube, logo nos primeiros minutos do confronto, justamente em sua última partida com a camisa coral. Mais de 15 anos depois, Lira foi treinador do Ferrão na ótima campanha no Campeonato Brasileiro de 2006, na temporada de 2009 e também no rebaixamento estadual em 2014. Lado a lado na foto acima, vemos os jogadores Lira e Marcelo Veiga, que depois se enfrentaram algumas vezes como treinadores de equipes diferentes nos anos 2000. No registro é possível ver também o famoso centroavante Joãozinho Paulista e o meia Zé Carlos Paranaense, que bateu o pênalti decisivo na conquista do Torneio Ciro Gomes no início daquele ano. Outro jogador na imagem é o ponta direita Osmarzinho, ex-Santos/SP, que teve uma boa passagem na Barra do Ceará.

IMAGENS DE FERRÃO X RIVER/PI PELO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 1989

O futebol é cíclico. Depois de anos esquecido nacionalmente e envolto à problemas políticos no Piauí, o tradicional River encerrou recentemente sua participação na Copa do Nordeste, um dos campeonatos mais rentáveis atualmente no futebol brasileiro. Por sua vez, o Ferroviário Atlético Clube pena na segunda divisão cearense e já amarga 20 anos sem títulos. O Almanaque do Ferrão resgata hoje as imagens de um confronto entre ambos, no dia 13/9/1989, quando o Tubarão da Barra marcou 3×0 em jogo válido pelo campeonato brasileiro da Série B daquele ano, mesma divisão que estavam Ceará e Fortaleza em âmbito nacional.

Foi o jogo de número 2.302 da história coral. Treinado pelo competente Lucídio Pontes, o Ferrão jogou com Osvaldo, Silmar, Arimatéia, Evilásio e Marcelo Veiga; Eudes, Alves e Dias Pereira; Mardônio, Luizinho e Paulinho. Essa partida marcou a estreia, com gol, do atacante Luizinho, um catarinense envolvido na negociação do meio campista Lira com o Avaí/SC. Marcelo Veiga e Mardônio marcaram os outros gols naquela noite. O River perdeu com China, Valdinar, Léo, Zezé e Didi; Luis Eduardo, Miolinho (Robson) e Paulinho Piauí; Hélio Rocha, Zé Augusto e Cacá. Deles, China e Léo já haviam defendido a camisa coral, e Paulinho Piauí chegaria para o Ferroviário dois anos depois. Direto do baú de imagens do Almanaque do Ferrão.