FERROVIÁRIO NO PRIMEIRO JOGO NOTURNO DO FUTEBOL CEARENSE

Zuza deu as cartas em campo

Foi num 28 de setembro como hoje, só que no século passado, na já longínqua temporada de 1939. O futebol cearense havia testemunhado um jogo noturno com a utilização de velas, porém nunca havia sido realizada uma partida com a utilização de refletores acesos com energia elétrica. E foi o Ferroviário justamente um dos protagonistas dessa iniciativa, enfrentando a tradicional equipe do Estrela do Mar, ainda no Campo do Prado, que recebia 40 refletores e passava a hospedar jogos noturnos. Foi uma quinta-feira histórica e o planeta começava a viver os primeiros dias e os horrores da II Guerra Mundial. Dentro de campo, o craque pernambucano Zuza dava as cartas aos comandados do técnico Manoel Rabelo. Quando o árbitro Humberto Ellery encerrou o amistoso, o Ferrão venceu por 2×1 com dois gols do atacante Abreu. Assis descontou para o adversário. Naquele amistoso histórico, o time coral formou com Dias, Baiano e Popó; Lourival, Miro e João; Pepê, Camocim, Zuza, Abreu e Chinês. O Estrela do Mar jogou com Zé Augusto, Camilo e Brandão; Nieps, Damasceno e Chico Eduardo; Assis, Ciro, Marcos, Vitalzinho e Mário Negrin. O campeonato cearense de 1939 só foi finalizado no início do ano seguinte. O Ferroviário foi eliminado pelo Ceará em janeiro de 1940 e terminou a competição na quinta colocação.

29 DE FEVEREIRO: APENAS TRÊS JOGOS EM TODA A HISTÓRIA CORAL

29fevereiro29 de fevereiro é um dia atípico. Só acontece de quatro em quatro anos, todo mundo sabe disso. Mas você sabe dizer quantas vezes o Ferroviário jogou nessa data? O Almanaque do Ferrão responde: apenas 3 vezes! A primeira foi em 1940, em amistoso contra o Ceará, no Campo do Prado, e vitória alvinegra por 2×1. O lendário atacante piauiense Pepê marcou para o Ferrão. O segundo jogo num 29 de fevereiro só aconteceu em 1984, válido pela elite do campeonato brasileiro, contra o Fluminense/RJ, no Estádio São Januário, derrota para o tricolor carioca em plena cidade maravilhosa pelo placar de 2×0. A última vez foi exatamente no mais recente ano bissexto do calendário gregoriano, há 4 anos, pelo campeonato cearense de 2012. Diante de apenas 37 testemunhas no estádio Domingão em Horizonte, o Guarany de Sobral foi batido por 3×2, com gols do meia atacante Rafinha (duas vezes) e do atacante Jânio Daniel, eles que fizeram parte de um dos piores elencos já montados na longa caminhada coral. O próximo 29 de fevereiro será em 2020 e cairá exatamente num fim de semana. Quem sabe não podemos ter o quarto jogo do Ferrão nessa data? É esperar pra ver a história ser feita.