EM JUNHO DE 2007 FERRÃO FAZIA FINAL DE COPA CONTRA O UTRECHT

Confira essas imagens! Apesar de serem em língua estrangeira, é possível verificar alguns lances da partida final da Polar UTS Cup, disputada entre 3 e 6 de junho de 2007, na cidade de Willemstad, capital de Curaçau, e que teve Ferroviário e Utrecht na grande final. A tradicional equipe holandesa venceu por 1×0, gol de Leroy George, de cabeça, aos 30 minutos do segundo tempo. É possível visualizar esse lance no vídeo acima, juntamente com outros momentos do jogo. Para chegar à final, o Ferrão bateu o Barber, time da própria cidade, no primeiro jogo. O placar apontou 2×0 para o Tubarão da Barra em mares caribenhos. Nas mesmas imagens acima, é também possível ver um desses gols, marcado pelo lateral direito Lionn, além da comemoração dos jogadores corais após o lance, tudo isso em meio à edição com as entrevistas dos jogadores do Utrecht. Abaixo, disponibilizamos outro vídeo, também com filmagens do jogo final e com os vice-campeões aplaudindo a premiação da equipe campeã.

Curioso pra saber como o Ferrão foi bater no Caribe? O convite foi oficializado cinco meses antes, mais precisamente no dia 19 de janeiro de 2007, em carta enviada por Rignaal Francisca, presidente da Federação de Futebol das Antilhas Holandesas, para Paulo César Almeida, diretor de marketing do Ferroviário na ocasião. A federação local bancou uma semana de hospedagem e alimentação para uma delegação de 22 corais, ficando as passagens aéreas por conta da direção coral, que tinha interesse em investir na negociação de jovens atletas. Treinados pelo falecido Artur do Carmo, o Ferrão venceu o primeiro jogo com Cássio, Lionn, Júlio, Nemézio e Leonardo (Marcelão); Dedé, Róbson (Jarbson), Paulo Victor (Diego) e Valmir; Danúbio (Júnior Mineiro) e Eli (Amoroso). O segundo gol coral no jogo foi marcado por Diego. Na final contra o Utrecht, a formação foi a seguinte: Cássio, Lionn, Júlio (Marcelão), Nemézio e Leonardo; Dedé, Róbson (Júnior Mineiro), Paulo Victor (Diego) e Valmir (Jarbson); Danúbio e Eli (Amoroso). Barber e Utrecht foram, respectivamente, o segundo e o terceiro times estrangeiros a enfrentar o Ferroviário. Antes de 2007, a única equipe de outro país que o Ferrão havia enfrentado era o uruguaio Montevideo Wanderers.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s