UNIFORME TOTALMENTE BRANCO FOI UTILIZADO NO ESTADUAL DE 1965

Ferroviário no campeonato cearense de 1965 – Em pé: Albano, Adir, Gavillan, Toinho, Marcelo e Vicente Jabuti; Agachados: Raimundo Pipiu, Durand, Moacir, Nilton e Expedito Chibata

Repare na camisa do Ferroviário utilizada no campeonato cearense de 1965. Definitivamente é um padrão inusitado para a tradição coral, que utiliza as famosas listras horizontais nas cores vermelho e preto desde 1941. Naquele estadual de 65, a camisa era toda branca, apenas com o detalhe da gola coral e do escudo no peito esquerdo. Era época de um dos mais famosos defensores da história coral, o zagueiro Gavillan e suas 134 partidas com a camisa coral, além dos ex-jogadores do Botafogo/RJ, o volante Nilton e o meia Moacir. Tempos também do lateral Marcelo Rocha, ex-Gentilândia, que atuou poucas vezes no time principal do Ferrão e aparece na foto acima, o que a faz ainda mais rara. Depois que pendurou as chuteiras, ele atuou muito tempo como gestor do Tiradentes/CE. Em meio à grave crise técnica e financeira, o Ferroviário terminou o campeonato cearense de 1965 apenas na 5ª colocação, completando 13 anos de jejum estadual, que só viria a ser quebrado três anos depois, de forma invicta, o que colocaria o clube em outro patamar de representatividade no cenário futebolístico nacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s