EMPATE NA ESTREIA E RETORNO BOMBÁSTICO DE UMA CRIA CORAL

ferrao-2017-15jan

Ferroviário Atlético Clube na estreia em 2017 contra o Fortaleza – Em pé: Raul Muller, Túlio, Erandir, Mimi, Gustavo e Mauro; Agachados: Valdeci, Vitinho, Jeanderson, Maxuell e Jonathas.

Eis o Ferroviário que entrou em campo acima pela vez de número 3.562 em sua história. O retorno coral à Série A do campeonato cearense não poderia ser melhor: um bom número de torcedores no Castelão, uma apresentação de igual pra igual contra o Fortaleza e uma série de boas expectativas a partir de então. O placar de 2×2 foi injusto para o Tubarão da Barra, que poderia ter marcado o terceiro gol em, pelo menos, três chances claras de gol antes do final do jogo. Sob o comando do técnico Marcelo Vilar, confira a escalação do Ferrão contra o Leão: Mauro, Gustavo, Erandir, Túlio e Jeanderson; Jonathas, Mimi (Glauber), Valdeci (Adilton) e Raul Muller (Carlos Alberto); Vitinho e Maxuell. Dos que atuaram, a dupla Erandir e Túlio, o volante Jonathas, além de Valdeci e do artilheiro Maxuell, que marcou dois gols no ´Clássico das Cores`, são remanescentes da equipe que disputou a segunda divisão local na temporada passada.

Atacante Mota está de volta ao Ferrão

Porém, outra boa nova foi anunciada pela direção coral no dia seguinte ao empate contra o Fortaleza: o retorno, depois de 20 anos, do atacante Mota. Foi exatamente na temporada de 1997, ainda prestes a completar 17 anos de idade, que ele atuava nas equipes de base do Ferroviário. Naquela mesma temporada, participou de uma única partida pelo time profissional em toda a história, lançado pelo treinador Luiz Carlos Cruz na vitória por 2×0 em cima do Potiguar de Mossoró, no Estádio Nogueirão, no Rio Grande do Norte, pelo campeonato brasileiro. Depois de brilhar no futebol brasileiro, onde foi campeão nacional pelo Cruzeiro/MG em 2003, Mota está de volta para encerrar a carreira onde tudo começou. O jogador espera estar apto fisicamente para atuar ainda na segunda quinzena desse mês. Seu último clube foi o Bragantino/SP, na já distante temporada de 2014, quando atuou 17 vezes e marcou 2 gols. Mota está atualmente com 36 anos de idade, exatamente a idade que o artilheiro Sérgio Alves tinha quando chegou para defender o Ferroviário na temporada de 2006. Esperamos que Mota possa reeditar os gols marcados por Sérgio Alves e aumentar seu número de jogos nas estatísticas corais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s