O PÊNALTI COBRADO POR MARCELO VEIGA QUE CALOU O CEARÁ

Sabe aquele jogo que a torcida adversária estava certa da vitória? O Almanaque do Ferrão volta até maio de 1988 e recorda uma situação dessa natureza. Ceará e Ferroviário se enfrentavam pelo 2º turno do campeonato cearense. Foi um domingo chuvoso em Fortaleza e o gramado do Castelão estava em péssimas condições. Duas semanas antes, o Tubarão da Barra havia massacrado o Fortaleza, mas o Ceará sempre endurecia as partidas. Foi mais uma vez um adversário complicado. O ponta direita Katinha marcou aos 38 minutos do 2º tempo para o alvinegro. Os sete minutos seguintes foram de uma certeza apenas: o Ferroviário não teria forças para reagir. Até que houve um escanteio, aos 45 minutos finais, e o zagueiro Arimatéia cabeceou no travessão. A bola voltou e o centroavante Jones, que estava na área para ajudar, tocou a bola com o braço. O árbitro Joacy Melo, incontinenti, marcou pênalti. Coube ao jovem Marcelo Veiga fazer a cobrança, o primeiro pênalti por ele batido naquele campeonato, que terminou justamente com um gol dele, também de pênalti, no jogo final contra o Fortaleza. Repare na alegria dos jogadores corais. Arimatéia se joga no chão após a confirmação da penalidade máxima. Marcelo Veiga comemora de forma inusitada. E o Ceará ficou só na vontade de vencer aquele time maravilhoso do Ferrão, um dos melhores da história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s