IMAGENS RARAS NO GRAMADO DO CASTELÃO APÓS VITÓRIA HISTÓRICA

O título estadual de 1988 está prestes a comemorar seu 27º aniversário e o Almanaque do Ferrão tem várias raridades prontas em áudio e vídeo saídas do fundo do baú para soltar por aqui. Vale lembrar que para chegar à fase final do campeonato, o Tubarão da Barra teve que vencer o Ceará na decisão do 3º turno, numa partida memorável que muitas vezes é mais lembrada até que a própria finalíssima contra o Fortaleza, acontecida no feriado de 7 de setembro. As imagens do vídeo acima são praticamente inéditas e foram gravadas ainda dentro do gramado do Castelão, logo após uma virada histórica que entrou para a história do futebol cearense, quando o Ferroviário foi humilhado pelo Ceará por 5×1 no tempo normal, mas encontrou forças para reverter a situação e fazer 2×0 na prorrogação. Nas imagens, Guina, autor de um dos gols no tempo extra, o técnico Lucídio Pontes, o atacante Mazinho Loyola, que fez o gol coral nos noventa minutos, e o capitão Marcelo Veiga comentam emocionados sobre a grande reviravolta no clássico, talvez o maior jogo da história coral na opinião da torcida.

lucídio pontes

Lucídio Pontes: estratégia que matou o Ceará

O jogo em questão aconteceu no dia 21 de agosto de 1988. Depois de vencer a primeira partida decisiva por 3×0, o Ferrão só precisava do empate naquela tarde de domingo. A partida começou eletrizante com o Ceará fazendo 1×0 e o Ferrão empatando logo em seguida. Depois, o alvinegro deitou e rolou. Foi pra cima do time coral e ao fazer 3×1 no placar, acabou caindo na armadilha do estrategista Lucídio Pontes, que determinou que seus jogadores guardassem o fôlego para os 30 minutos de prorrogação. O Ceará se vingou da derrota anterior fazendo 5×1 com requintes de humilhação durante todo o 2º tempo. Na volta para a prorrogação, os jogadores do Ferroviário entraram de mãos dadas e foram pedir apoio à torcida coral que estava cabisbaixa. O baixinho Arnaldo aproveitou o rebote do goleiro Washington, após uma pancada numa falta cobrada por Marcelo Veiga da intermediária, e fez 1×0. Depois, o paulista Guina fez 2×0 num contra-ataque mortal puxado por Mazinho Loyola e despachou o Ceará do campeonato, carimbando o passaporte coral para as finais contra Tiradentes e Fortaleza. Virada histórica e muita comemoração dos torcedores nas arquibancadas. O título estadual começou ali.

Uma resposta em “IMAGENS RARAS NO GRAMADO DO CASTELÃO APÓS VITÓRIA HISTÓRICA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s