ÁUDIO DE CAETANO BAYMA SOBRE A COMPRA DO PASSE DE SERGINHO

serginhogoleiro

Serginho: goleiro do Ferroviário

João Sérgio Rêgo Filho, pernambucano de Surubim, chegou para o Ferroviário em agosto de 1985, emprestado pelo Central de Caruaru. Cria do Sport/PE, o goleiro passou a ser chamado de Serginho ainda na época da categoria de base e tinha no vitorioso irmão Lulinha, de grandes passagens por Fortaleza e Ceará, uma excelente referência debaixo das traves. Em grande forma, Serginho foi a sensação coral no último trimestre do campeonato cearense, realizando grandes defesas. Permaneceu em 1986, foi emprestado no ano seguinte para Alagoas e retornou em 1988 quando foi titular do Ferroviário nos dois primeiros turnos, antes de ser negociado em definitivo com o o Asa de Arapiraca.

1985_2222

Serginho, de camisa azul e branca, no time de 1985

Em sua primeira temporada no Tubarão da Barra, Serginho salvou o Ferroviário em várias partidas. Era frequentemente escolhido pelas equipes esportivas como o destaque dos jogos e faturava prêmios com suas belas defesas. Em 23/10/85, uma defesa monumental numa cabeçada certeira do zagueiro Argeu valeu ao goleiro coral o Pinguim de Ouro da promoção ´Grande Lance Antarctica` e garantiu o 0x0 no placar diante do Ceará. Contra o mesmo adversário em 17/11/85, mais uma grande defesa de Serginho e a vitória coral por 2×0. O Almanaque do Ferrão recuperou a transmissão radiofônica desses dois lances e apresenta abaixo com exclusividade. Além das narrações na voz de Vilar Marques e Júlio Sales, o torcedor coral pode ouvir o presidente Caetano Bayma, que comenta em entrevista a sua intenção de angariar recursos para comprar o passe do goleiro junto ao Central/PE, fato este que se concretizou meses depois para a alegria dos admiradores de Serginho. Já se vão 30 anos dessas gravações, mas o blog recupera o material para a nação coral.

Uma resposta em “ÁUDIO DE CAETANO BAYMA SOBRE A COMPRA DO PASSE DE SERGINHO

  1. Que site fantástico! Estão de parabéns os responsáveis por esse espaço de contemplação ao que passou e continua passando na vida do Ferroviário. A apresentação desses áudios raros preservados através do tempo são dignos de todos os elogíos possíveis. Ninguem no Brasil algo dessa natureza. Estou maravilhado com as horas de puro deleite que acabei de encontrar ao passear pelas páginas do Almanaque do Ferrao do blog/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s