FLAMENGO X FERROVIÁRIO NA ÍNTEGRA DIRETAMENTE DE 1982

A última postagem do ano é um presente especial do Almanaque do Ferrão para quem acompanhou o time coral no início dos anos 80, período em que o Tubarão da Barra figurava na divisão principal do campeonato brasileiro e enfrentava os maiores times do país. Acompanhe agora na íntegra a gravação de um daqueles grandes jogos, quando o Ferrão jogou no lendário Maracanã contra um dos principais times que o futebol mundial já viu, o Flamengo de Zico, Andrade e companhia, que há apenas 45 dias havia conquistado o título interclubes derrotando o Liverpool da Inglaterra. Os mais de 30 mil presentes no estádio viram um ótimo jogo com o Ferroviário apresentando um belo toque de bola no primeiro tempo, porém implacavelmente derrotado diante da supremacia em campo do rubro-negro carioca principalmente na etapa final.

Com uma dupla de zaga reserva formada pelo jovem Júlio, que trata-se hoje do treinador cearense Júlio Araújo, e pelo improvisado lateral Rôner, o Ferrão não foi páreo para o Flamengo, apesar dos vários volantes em campo e da excelente forma do jovem goleiro Barbiroto, emprestado na época pelo São Paulo. Ao final da partida, o placar apontou 3×0 para o time carioca com um show de Zico, autor de todos os gols. Era o jogo de número 1873 da história do Ferroviário Atlético Clube, disputado em 31/1/1982, justamente contra o principal time do mundo naquele momento, o que por si só já torna quase que obrigatório acompanhar na íntegra o tape daquele memorável embate.

Treinado por Assis Furtado, ex-jogador, ex-árbitro e comentarista esportivo, o Ferroviário foi a campo com o futebol de Barbiroto, Paulo Maurício, Júlio, Rôner e Jorge Henrique; Augusto, Meinha, Doca e Jorge Bonga (Zé Carlos); Vicente Cruz e Roberto Cearense (Paulo César Cascavel). O Flamengo do técnico Paulo César Carpegiani jogou com Raul, Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Popéia, Nunes e Edson (Vitor). Aproveite o espetáculo e recupere a memória nos gramados de nomes famosos que vestiram a camisa do Ferroviário. Você não vai se arrepender.

REENCONTRO DE AMIGOS QUE CONQUISTARAM UM TÍTULO

1555502_757861877631300_1468204235156687922_n

Apresentador Sebastião Belmino acompanhou o reencontro da dupla Erandy e Wilkson

Wilkson e Erandy foram dois soldados do Ferroviário em 1975. Eram velhos companheiros desde os tempos de Fortaleza e, na Barra, o primeiro foi zagueiro da melhor qualidade e o segundo foi atacante dos bons. Não satisfeitos com suas posições dentro de campo, fora dele Wilkson era o preparador físico e Erandy era o treinador do time. O acúmulo de funções se tratava de um esforço para resgatar a credibilidade do time coral, um tanto quanto desmoralizada com sucessivos vexames na primeira metade da década de 70. Juntos, dentro e fora de campo, conquistaram no final daquela temporada um campeonato para o Ferrão: a Taça Bayma Kerth, uma espécie de Taça Fares Lopes da época, que foi bastante festejada pela torcida coral, afinal título é título.

Nos 10 jogos da competição disputada há quase 40 anos, Erandy atuou em todos e marcou 7 gols. Wilkson fez 1 gol nas 8 partidas que esteve em campo. Pois é, o treinador foi o artilheiro da equipe! Semana passada, Erandy esteve em Fortaleza. Deixou a bela cidade de Natal, onde reside, para ser homenageado na Arena Castelão ao lado de outros ícones do futebol cearense. Em sua passagem pela cidade, mais um reencontro com seu companheiro Wilkson para relembrar os velhos tempos. Dois nomes que deram importante contribuição ao Ferrão no momento que o clube mais precisava. Eram anos de vacas magras, porém um tempo de muito esforço, acúmulo de funções e um título que, por dever de justiça, terá sempre uma grande parcela de colaboração da dupla.

1975_bayma

Os campeões pelo Ferroviário em 1975

A foto histórica de 1975 registra Wilkson e Erandy no time coral ladeados em sua maioria por jogadores jovens egressos das categorias de base. Em pé: Carlito, Vicente, César, Wilkson, Pedrinho e Arimatéia. Agachados: Vanderley, Brígido, Erandy, Danilo Baratinha e Almir. Jogadores que entraram para história do Ferrão por terem conseguido dar a alegria de um título à torcida coral.

MENSAGEM DE DINO NO AUGE DE SEUS 223 JOGOS PELO FERRÃO

Dino222

Volante Dino

O resgate de algumas mensagens de Natal gravadas em 2008 para o programa Rádio Ferrão termina com um dos jogadores que mais vezes defendeu a camisa do Ferroviário. Trata-se do piauiense Dino, que durante anos vestiu a camisa de número 5. Sua primeira partida foi em 1996 e a última em 2009, totalizando 223 jogos e 5 gols no Tubarão da Barra, o que o qualifica como o 22º jogador na história que mais vezes jogou pelo time coral, nada mal para uma lista que conta com mais de 2000 atletas ao longo de 81 anos de existência. A mensagem de fim de ano de Dino é também a mais longa das veiculadas na época. Foram 45 segundos que o Almanaque do Ferrão tem o privilégio de recordar nessa véspera de Natal.

LEMBRA DO JOÃO NETO? ELE TAMBÉM GRAVOU MENSAGEM DE NATAL 2008

João Neto222

Atacante João Neto

Ele marcou 6 gols em sua curta passagem pelo Ferroviário. Lembra do João Neto? O atacante pernambucano também registrou uma gravação com votos de boas festas para os spots de Natal da Rádio Ferrão em 2008. Ele havia chegado recentemente ao clube e se constituía numa das boas esperanças para o campeonato cearense do ano seguinte. Ao todo foram 27 partidas com a camisa do Ferrão. Oriundo do Central de Caruaru quando chegou a Barra do Ceará, João Neto depois galgou espaço no futebol brasileiro defendendo as cores de clubes como Bahia, Sampaio Corrêa, CRB/AL e Portuguesa de Desportos. A sua mensagem de Natal naquela oportunidade agora é eternizada na Internet

.

ATACANTE WESCLEY E SUA MENSAGEM DE NATAL NA RÁDIO

Wescley222

Atacante Wescley

Foram 23 gols marcados em 52 jogos com a camisa coral. Antes de defender times como Sampaio Corrêa/MA e Atlético Paranaense, o atacante Wescley escreveu seu nome como um dos bons atacantes que passaram pelo Ferroviário. Entre o final de 2007 e meados de 2009, sempre figurou na Barra do Ceará como um nome querido pela torcida. O Almanaque do Ferrão resgata hoje a mensagem de Natal 2008 gravada pelo ex-atacante, que sempre se caracterizou como um atleta bastante dedicado e querido no elenco de jogadores. Em 2015, Wescley estará de volta ao futebol cearense, dessa vez para vestir a camisa do São Benedito, que retorna à divisão de elite pela segunda vez na história do clube.

FELIZ NATAL E FELIZ 2009 DO EX-GOLEIRO CORAL JÉFFERSON

jefferson222

Goleiro Jéfferson

Continuando o resgate da ação inovadora de veicular na Rádio Ferrão, em dezembro de 2008, alguns spots de Natal gravados por jogadores do elenco do Ferroviário Atlético Clube, chegou a vez de recuperar o áudio gravado pelo ex-goleiro Jéfferson, titular absoluto do time coral em três temporadas. Depois de vestir as camisas de Ceará e Fortaleza, o experiente arqueiro chegou a Barra do Ceará na temporada de 2006 e brilhou na campanha da Série C que quase promove o Ferrão para a 2ª divisão do campeonato brasileiro naquele ano. Ele foi um dos principais nomes daquele time. Foram 107 partidas no Tubarão da Barra, o que o coloca como o 8ª goleiro que mais vezes atuou na meta coral em toda a história.

MEIA CLEBSON E SUA MENSAGEM DE BOAS FESTAS NO FINAL DE 2008

Clebson222

Meio-campista Clebson

Quem se acostumou a ver os jogos do Salgueiro/PE na Série B e C do campeonato brasileiro, entre 2011 e 2012, deve se lembrar de um meia baixinho, de apenas 1,64m de altura, que cadenciava o jogo e armava as principais jogadas do time pernambucano. Seu nome: Clebson. No final de 2008, ele foi uma das principais contratações da diretoria do Ferroviário para o campeonato cearense do ano seguinte. Atuou pouco, fez apenas 19 partidas com a camisa coral e marcou 3 gols. Recentemente, o meio campista quase conquista o acesso à Série A do Brasileirão defendendo o Boa Esporte/MG. Confira abaixo a mensagem de Natal do ex-atleta coral gravada na época especialmente para a Rádio Ferrão.