CIRO GOMES COMENTA CONQUISTA CORAL EM 1989

O Torneio Ciro Gomes foi uma competição organizada por 4 dissidentes da Federação Cearense de Futebol, que vivia situação política complicada em 1989. Ceará, Fortaleza, Ferroviário e Tiradentes decidiram realizar um quadrangular entre o final de janeiro e início de março. O curioso é que mesmo apenas empatando as três partidas, o Ferrão ficou com o título, pois cada jogo empatado era decidido nos pênaltis e o time coral levou a melhor nas três decisões.

No dia 5 de março, quando o Ceará já comemorava o título vencendo o Ferroviário por 1×0, o zagueiro Arimatéia igualou o placar aos 43 minutos finais, forçando a decisão por pênaltis. Evilásio, Barrote, Mardônio e Zé Carlos Paranaense converteram suas cobranças garantindo o 4×2. Não precisou nem da quinta batida, que estava reservada para Marcelo Veiga.

Vale a pena recordar abaixo o vídeo com o comentário esportivo de Ciro Gomes, então prefeito de Fortaleza, que entregou pessoalmente a taça ao Ferrão em meio a muita confusão no PV já que a torcida do Ceará, inconformada com a derrota, promoveu uma perigosa invasão de gramado que por muito pouco não provocou vítimas. Houve até desmaios no centro do campo.

Comandados por Erandy Pereira Montenegro, o time campeão formou na tarde/noite daquele domingo com o futebol de Albertino, Caetano (Silmar), Arimatéia, Juarez e Marcelo Veiga; Barrote, Evilásio e Zé Carlos Paranaense; Mardônio, Roberto Cearense e Olavo (Paulinho). Vale a pena também lembrar o excelente time que o Ceará tinha na época: Washington, Mário, Belterra, Edson Barros e Paulo César; Beto Cruz, Carlos Alberto Borges e Gerson Sodré; Márcio (Basílio), Celso Mendes e Santos (Oliveira Canindé). O técnico era Lula Pereira, que depois brilhou no Ferroviário e alavancou uma carreira de sucesso. Paulo César e Basílio também passaram depois pela Barra do Ceará. Brevemente o Almanaque do Ferrão trará o vídeo daquela emocionante conquista para a torcida coral recordar o gol de Arimatéia, os penais e a festa coral em meio à invasão alvinegra.

2 respostas em “CIRO GOMES COMENTA CONQUISTA CORAL EM 1989

  1. Parabéns por esse blog com as recordações. Tenho o almanaque do ferrão em livro e acho maravilhoso pois todos os jogos que assisti na minha vida estao la. esse da copa ciro gomes eu fui também e lembro da confusao depois do jogo. a torcida do ceara covarde querendo bater na torcida do ferroviario. eram outros tempos. hoje sao irmas. vida longa ao blog e obrigado por disponibilizar esse material raridade.

    Curtir

  2. Rapaz eu lembro bem desse grande jogo, digno de um clássico,estava no PV naquela tarde de domingo.O ceará abriu o placar logos aos 6 minutos do primeiro tempo com o seu centroavante Celso Mendes de cabeça, depois de uma falta cobrada pelo Carlos Alberto Borges. Eles mandaram no jogo é verdade, o goleiro Albertino foi o nosso destaque fechando o gol, principalmente no segundo tempo. Nessa etapa houve uma confusão com o arbitro, paralisação do jogo, invasão de campo, as duas torcidas revoltadas esfriando o ceara e no finalzinho do segundo tempo o Arimateia pega uma bola pelo lado direito invade a área e fuzila a meta alvinegra. Empate que levaria aos penais onde levamos a melhor.Lembro que as cobranças ainda foram do lado da torcida adversária(esquerdo das cabines de rádio) e do Zé Carlos Paranaense um dos batedores que converteram a favor do Ferrão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s